quarta-feira, 5 de agosto de 2009

A Ruiva


Existe uma ruiva que trabalha perto do meu local de trabalho que tem despertado a minha atenção. De início nem sequer me cumprimentava, mas agora até já me dirige um sonoro bom dia acompanhado de um piscar de olho. Tem um sorriso aberto, uns cabelos que brilham intensamente sob o brilho do sol, quando ela sai para a rua para fumar um cigarro. As sardas conferem-lhe um ar juvenil, é curvilínea e gosto imenso do estilo dela. Pela atitude que demonstra, quase que aposto que será uma fera na intimidade. No entanto, e como se costuma dizer, santos perto de casa não fazem milagres e será melhor eu não aprofundar muito este meu interesse e apenas continuar a retribuir os cumprimentos como tenho feito até agora.

6 comentários:

Pjsoueu disse...

No entanto ...vai calmamente observando o caminhar. Pode ser que numa das voltas do caminho te encontre, face-a-face:)lol"

Abraço

Pj

contos eroticos disse...

só tome cuidado!!! se o milagre acontecer desconfie, pois Quando o milagre é grande o santo desconfia..até mais amigo.

Imperator disse...

cumprimento em cumprimento... sabe-se lá o que pode acontecer ;-)

goti disse...

Querido Bernardo, cuidado com as ruivas, elas são danadas para a brincadeira....hummmm
Adivinham-se por aí momentos de pura sedução.... eheheh
Beijos doces e alegres!!!

doiSabores disse...

Sabes o que se diz Bernardo... As ruivas são fogo...
Cuidado para não te queimares...lol
Beijos saborosos

Niina disse...

Sou suspeita pra falar de ruivas!

acho elas fatais.
;)