domingo, 29 de novembro de 2009

Entrega


Sempre que me entrego nos braços de uma mulher, gosto de o fazer como se fosse a última oportunidade que eu tivesse de o fazer. Uma furiosa cavalgada lado a lado com a minha própria morte e que me permite fugir do desespero crescente.

6 comentários:

LEO disse...

Nada melhor do q se entregar nos bracos, nas pernas, na bunda de uma mulher!
Abração
LEO

doiSabores disse...

Quando a entrega é feita dessa forma, os momentos que se vivem são inesquecíveis...
Beijos

Libertya... disse...

e só assim se extrai o puro néctar da vida, do momento e do prazer...
bjs libertyos em ti

Venus in red disse...

Depois do êxtase, o desespero não espreita... novamente?!


Saevium

Lovely Miss D disse...

A foto é tua? Lindissima. Adorei!

pontorouge disse...

Le petit mort...

beijo rouge

Dani