quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Masturbação Polémica


O prazer está nas tuas mãos" é o mote do programa lançado pelas secretarias da Educação e da Juventude da Extremadura e incluiu workshops que pretendem acabar com os mitos sobre a masturbação

As aulas têm como alvo jovens dos 14 aos 17 anos e estão a incendiar os ânimos entre pais e educadores, apesar de serem facultativas e de pretenderem apenas, segundo os responsáveis, ajudar os adolescentes a encarar a sexualidade de forma natural.
Do programa das aulas fazem parte matérias sobre anatomia e fisiologia sexual masculina e feminina, mas também técnicas de masturbação e uso de objectos eróticos.
"O programa tem muitos mais aspectos, como hábitos saudáveis, auto-estima, afetividade, identidade de género, doenças de transmissão sexual... e esperamos derrubar muitos mitos negativos sobre a masturbação, claro", explicaram os responsáveis pela iniociativa.
Mas os esclarecimentos não satisfazem, por exemplo, a Associação de Pais Católicos da Extremadura, que formou um grupo de protesto que ameaça levar o governo regional aos tribunais.

8 comentários:

Vontade de disse...

Nas minhas mãos, nas nossas ma~so, no vibrador...

Red Angel disse...

Infelizmente é sempre assim...

Já conhecia a associação de pais, agora associação de pais católicos, é novo para mim...

Beijo

Paula disse...

Adoro falsos moralismos! Adoro mesmo!!! Enfim...

LEO disse...

Esse falso moralismo é mundial. E as coisas boas de uma punheta ninguem ve??
LEO

doiSabores disse...

nada como uma boa mão... para ajudar de vez em quando...
Beijosss

Palma da Mão disse...

Olá Bernardo, olá a todos, como sempre, como transparente que me conheço, penso que isto já transcende o catolicismo ou lá o que seja, por favor, uma coisa é educação sexual, e que se abordem todos os temas, sou a favor sim, outra coisa é uma iniciativa, para ensinar os rapazinhos e as raparigas a dar ao dedinho e à mãozinha...
Onde é que fica a individualidade de cada um e a sua privacidade?
Mesmo não sendo obrigatória a presença dos alunos nesta fantochada, nem poderia, acho que todos nós sabemos bem aproveitar o nosso prazer com cumplicidade e sem este tipo de exposição.
Respeito a iniciativa, tal como os seus mentores e as diferentes opiniões, a minha é que se está a confundir muita coisa.
beijinhos

desejo disse...

Léo, gostei .
A Igreja está sempre do contra.
Desta forma não há fá que aguente.

Dani disse...

Eu acho que é um assunto delicado. Com adolescentes tem que se ter muito cuidado ao tratar de sexo, sob pena de criar problemas (inclusive de cunho sexual) onde antes não tinha. Acho que entregar um vibrador na mão de um adolescente e dizer "faça assim" "faça assado" não necessariamente implica numa educação sexual. A orientação sim, é imprescindível.

beijo rouge

Dani