quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Recados

Hoje, saí do trabalho por volta das seis e meia da tarde e avanço lentamente na direcção do carro que está estacionado nas traseiras. De modo mecânico, abro a porta da viatura e só depois reparo que tenho um pequeno papel dobrado em quatro entalado na porta que cai no chão. Desdobro-o e leio curiosamente o pequeno texto, escrito numa caligrafia típicamente feminina:

Gostaria imenso de o convidar para tomar um café e conhecê-lo um pouco melhor. Caso seja comprometido, peço que ignore esta mensagem e que a encare como mera brincadeira. Peço desculpa pelo modo quase infantil que encontrei para o abordar, mas tardava em encontrar uma maneira de meter conversa consigo. Se o convite lhe interessar, responda-me por escrito para xxxyyy@hotmail.com

Confesso que isto me deu uma vontade imensa de me rir. Agora questiono-me sobre quem terá sido autora deste bilhetinho. Dizem que o primeiro palpite é sempre o mais acertado e, a minha desconfiança recai sobre a loira da imobiliária de que vos falei há umas semanas atrás. E agora? Respondo ou espero por novas investidas?

9 comentários:

Millady disse...

Ó B isso nem parece teu. Anda moço, despacha logo isso!! Não achas que ja perdeste demasiado tempo com isso/essa?
Beijooo meu amigo

doiSabores disse...

despacha a coisa...lol e responde...
Beijos

desejo disse...

Eu esperava uma nova investida.
E...és comprometido???
:)

Vontade de disse...

ahahah

Responde, claro. Ao menos para ficares a saber quem é. ;)

Anónimo disse...

Lá vai você de novo... para o "lado escuro da força".kkkkk

Quando a lua apareceu disse...

esperam-se as cenas do próximo capitulo!

Paula disse...

Manda pelo menos um mail com algo muito simples, para que ela perceba que há interesse, caso contrário ela pode desistir... e depois logo vês!

Libertya... disse...

responde sim, quem sabe a brincadeira não sai saborosa?
bjs libertyos

{ÍsisdoEgito}JZ disse...

Deixa a dona do bilhete mal intencionado com vontade.....rsrs

Mulheres adoram um bom jogo de gato e rato.

Beijos carinhosos,

ÍsisdoJun