domingo, 15 de novembro de 2009

Essência


Beijo-te de raspão mal passas a porta, apetece-me morder-te os lábios e beijar-te com força, mas tudo a seu tempo. Por dentro derreto-me só de sentir o teu cheiro e o meu corpo começa a ficar ligeiramente inebriado. Enquanto falas estou concentrada nos teus lábios, nas tuas mãos, sinto-os já a percorrerem-me o corpo apesar de mal me teres tocado. Se me tocasses sentirias a pele a ferver e microespasmos já a invadirem-me o corpo. Tenho sede do teu corpo. Quero perder-me no prazer de te ter dentro de mim, de te sentir a pulsar na minha boca, de provar a tua essência. Tens sabor a terra, sal e mar e vida.

Escusado será dizer que me derreti ao lêr estas palavras escritas pela Z.

5 comentários:

desejo disse...

Mar, sal, desejo...

doiSabores disse...

E não foste o único...
São palavras cheias de desejo...
Beijos

Libertya... disse...

delicia de escrita...
bjs libertyos

TOUCH disse...

E como é bom sermos assim desejados...Uma mistura de tesão e sensualidade...Tocante

Beijos e Abraço

Vontade de disse...

Hum...