sexta-feira, 24 de abril de 2009

Coito Angelical



Como um anjo
Beije-me o pescoço
Boca e tudo mais
Como um anjo
Toca-me a pele
Em arrepios e ais
Como um anjo
Prepara-me o corpo,
Faça-me o cais
Para fundear como homem
Em minhas carnes
Famintas de teus sais.

3 comentários:

Palma da Mão disse...

Cláudia, tão lindo...sensual, mesmo muito bonito, gostei especialmente desta passagem:«...prepara-me o corpo,faça-me o cais...»adorei!
beijinhos
Liliana

RedLightSpecial disse...

LINDO!
Que o teu corpo faminto veja a fome satisfeita como deseja.
:*

Polí disse...

Calorosa poesia...apreciei por demais.